Inteligência & Marketing

Falem de mim...

Falem de mim…

Para uma melhor avaliação e entendimento do fator “Inteligência” em uma campanha, vamos descrever algumas possibilidades de ocorrência durante o período pré, durante e pós eleitoral.

Pré Eleitoral – Um ano, no mínimo, antes das eleições, deve-se iniciar um processo de conhecimento do candidato, do segmento em que atua e do “momento político e social”.

Durante esse período, várias incursões serão realizadas de forma a obter correções de rumo na formação da imagem do candidato.

Durante – Durante o período eleitoral incursões serão realizadas em um menor espaço de tempo de forma a avaliar o andamento da campanha em comparação aos concorrentes e efetuar eventuais correções de trajeto e abordagem.

Pós Eleitoral – Após o pleito, vitorioso ou não, deverá o político efetuar incursões de avaliação para ponderar erros e acertos na campanha e no fito de projetar novas bravatas futuras. Essas avaliações podem ser cruciais na correção de atitudes, comportamentos coletivos, equipe, assessores, objetivos e metas de longo e curto prazos dentre outras informações.

Para mais detalhes conheça melhor as áreas de atuação do Dat@HORA.